Hoje enquanto almoçávamos pacatamente numa esplanada de um restaurante, ouvimos uns gritos de uma senhora e eu institivamente fui espreitar só ouvi a senhora a dizer “Como consegues deixar aqui a tua mulher grávida? …” Mas fiquei a pensar (não sabemos mais nada mas na nossa cabeça imaginamos o resto da história, digo eu) que isto não devia acontecer a nenhuma mulher, muito menos grávida …, pelo menos devia deixar a senhora noutro sítio.

Não sei o que acontece aos homens quando as suas companheiras engravidam, mas lá que ficam estranhos ficam … ou será que são as mulheres que ficam diferentes?Acho que é normal as mulheres ficarem diferentes, afinal têm algo de muito importante dentro delas o que já de si é algo de muita responsabilidade, e depois há a história das hormonas, os enjos, os médicos, o enxoval da criança … não é muita coisa para uma mulher só?

Se calhar o esforço devia ser de ambos, são momentos que exigem muita compreensão e paciência, mas por vezes esta falha, e depois quem sofre? Exactamente … não só quem já cá está mas também quem ainda não está, ou seja, a criança que irá nascer, porque acredito que eles sentem tudo o que a Mãe sente, afinal somos a sua casa, e quando a nossa casa abana o que nos acontece?

Faço um apelo aos homens e às mulheres:

Aos homens tratem-nas como rainhas

Às mulheres não deixem de dar atenção aos vossos reis

Tudo pelo principe ou princesa que está para chegar.