Começo por dizer que não sou muito aventureira e não gosto muito de sair de casa …

Gosto de coisas certas e seguras e o incerto e desconhecido provoca-me algum desconforto, embora goste de uma bela surpresa, e apesar de não gostar do desconhecido este teima em aparecer por diversas vezes no meu horizonte, é uma situação incontornável.

Uma coisa é certa sempre que vou a algum lado, tenho sempre saudades de casa e vontade de regressar (mesmo que por vezes seja complicado deixar algumas pessoas), afinal de contas a nossa casa é sempre a nossa casa, onde estão as nossas coisas mais queridas, onde sabemos o lugar das coisas, onde temos o que nos faz falta, e onde não estamos sempre com o stress de nos esquecermos de algo.

Viajar pode ser bastante interessante e divertido, até há pessoas que são viciadas em viagens, mas também se pode tornar num grande stress. Os aeroportos e o facto de andar de avião, têm cada vez menos encanto, os hotéis para terem tudo o que precisamos são sempre demasiado caros, e por mais que tudo esteja planeado vamos sempre para o desconhecido. E depois há as malas detesto fazer malas … talvez porque já fiz demasiadas …

O interesse das viagens está em nos ser possível conhecer novas culturas, novas paisagens, monumentos, enriquecermo-nos com o que vamos aprendendo.

Até hoje tive sempre vontade de regressar espero que continue assim por muitos e longos anos ….