Varões e Varonas da pena, dita a regra que o vosso estimado Martini definiria os temas para Dezembro.

Ora, dado que de Nordeste sompram ventos gélidos, agarrem num xaile, numa mantinha, façam uma boa braseira, metam-na debaixo da camila, e dêem ao dedo. Não se esqueçam de acompanhar as redações com cafeína e nicotina, pois não se pretende traços caligráficos de estagnada encefalia.

Num rufar de tambor, os temas de guilhotina são:

3 / XII / 2008 – Diálogos mudos de um Lusitano, à lareira com Deus e o Diabo!

10 / XII / 2008 – Ao Soldado Esquecido sob o fantasma do Colonialismo.

17 / XII / 2008 – No banco de trás de um 127 mergulhei no teu corpo!

24 / XII / 2008 – Foi Natal!

31 / XII / 2008 – Educai o meu umbigo, pois amanhã nada mudará!