A quem de direito!

Agradecia que não me fossem enviados mais mails, sms, vídeos e afins sobre a luta dos professores.

A quantidade de material é tanta que qualquer dia começo a acreditar que os professores não fazem mais nada do que escrever, enviar, reenviar esse tipo de material, dando razão à ministra quando pensa que os professores estão pouco ocupados.

Eu pessoalmente não tenho tempo para ler e ver tudo, confesso!

Obrigado.