Dantes estava só

Quando era mesmo necessário

Agora nunca estou só

Tenho sempre comigo uma grande mini companhia

Ainda não conversa uma conversa inteira

Mas já faz companhia

Nem que seja a chorar

Para pedir … o que acha que tem mesmo que pedir

E os seus pedidos não devem demorar a ser atendidos

Se não lá vem a sinfonia

Nada agradável de se ouvir

Para depois terminar num sossegado soninho

Até ganhar asas e voar

Vou ter companhia

Depois logo se verá …