11 de Setembro de 2008

 

Hoje acordei particularmente bem disposto… apesar de não saber o que escrever sobre o tema P’RA QUE É QUE A MALTA SE CASA?!

 

Ao receber os primeiros inputs da sociedade da informação na qual vivo e que todos partilhamos relembraram-me entre, mau tempo, crimes, derrocadas e catástrofes naturais que hoje decorreram nada mais nada menos que 7 anos desde os atentados de Nova Iorque. Dissertaram também sobre os problemas que existiram relativamente ao sérviço fúnebre das vítimas do último acidente de aviação ocorrido em Madrid…

 

Belo dia para voar pensei… hoje às 17h05’ se tudo correr de acordo com o planeado entro dentro de um avião!

 

Apesar de tudo contínuo bem disposto… afinal estou vivo e posso tentar que as coisas sejam melhores. Os aborrecimentos gratuitos ou o suicídio nunca resolveram quaisquer problemas.

 

Afinal, seja como for, quando começamos um dia nunca sabemos se é o último… e eu quero sentir no meu último dia a boa disposição, alegria e felicidade com que hoje despertei…

 

Parece uma “mariconada” mas ele há dias assim…