Aquela coisa do Arremesso do Bitaite foi um devaneio do momento, estava roido de inveja de não estar a representar as cores lusas e inventei aquela brilhante estopada. Só me esqueci da logística dos tradutores mas, esperto que nem um allho, faço inversão de marcha e provoco um acidente brutal, como já se perderam no meio de tanta contradição afinfovos com O Mistério da Estrada de Sintra…

Fui hoje a Sintra, terra de encantos, paixões assolapadas e … estendais. Perguntam vocês:

– Estendais?!

Verdade! Assisti a uma cena comovente, uma velhota arejava orgulhosamente cinco casacões. Estava a salvá-los da maldita bicharada que adora degustar tecidos com mais de cinquenta anos, tirar-lhe o cheirinho da naftalina (que lindo nome para dar a uma menina – Ó Naftalina vai ao armário e manda um bafo nas traças). A santa senhora pendurou aquelas preciosidades como se fossem as jóias da coroa, nada na sua vida teve tanto valor, cinco casacões impecáveis (pareciam acabadinhos de comprar), sem mácula, majestosos. Caramba! Uns meninos! Nós deviamos prestar mais atenção aos pequenos nadas das nossas vidas. Uma vila tão especial e eu deslumbrado com uma sehora e os seus tesouros?!

Para não endoidecer fui ao Ikea comprar uma estante. O que diria Lorde Byron desta atitude? Provavelmente diria:

– Ó totó, vai ao Harrods (façam de conta que abriu uma loja na Damaia para dar credibilidade ao argumento)e assim a massa fica nas ilhas, andas é a encher o rabo aos Vikings e o lacado britânico dura mais.

E eu:

– Peço desculpa S. Eminência Reverendíssima… até um penálti com as unhas dos pés o Postiga enfiou na capoeira Imperialííííssima! A gaita foi a rapaziada do Aquiles mas, foi bom para vender bandeirinhas com pagodes.

 Já agora um insulto ao Lord:

– Perneta d,um capeta (perneta era o Lorde Nelson, o Capitão Ahab e o Saci do Sítio do Picapau amarelo). Perdão!

Lá está! Apertam comigo um bocadinho e tenho que puxar pelos galões da Lusa Pátria (azar do camandro os romanos se terem pirado e os nostros irmanos Felipes terem topado a pinta da canzoada).

Honra seja feita aos avecs que só vieram para gamar, até a cadeirinha da Nossa Senhora levaram, que dessa desfeita tem os artelhos a estoirar da posição de esforço e para quê? – Para espetarem com o trono na décima terceira cave do Luvre – malandros! O maior desconsolo é que sempre que oiço a Marselhesa e a bola a girar mais vale ir coser meias, aqueles cabrões (sim apeteceu-me… já agora cabrões chifrudos… toma e embrulha!) levam sempre a palha para casa (com os italianos nem vale a pena ligar a maquineta que mudou o mundo).

P.S.1 – São horas de almoçar e hoje tenho pizza congelada (nhãmi|), até amanhã e desculpem as inverdades olímpicas.