Este sacaninha informático acabou de me papar uma crónicazinha de estalo, zás!

Atraiçoado me sinto (tenho umas manápulas parcas em motricidade fina), como protesto levam este reparo e de inspiração Sadina um valente Bardamerda! (o insulto é para as patinhas do autor que de quando em vez entram em conflito com o CPU – Cachimónia de Pouco Uso).

Termino com inspiração de Bocage que soube, sempre, engalanar o ultarje.

Estava este enorme coirão

Debruçado sobre a escrevanihna

Escapou-lhe a pena e a inspiração

Borrou-se toda a prosinha

Tremendo de irritação

Arremesou com a mesinha

Escapou a pata do alazão

Bateu com os cornos na caminha.

P.S. Lindo! Agora como prémio vou manjar uma pizza congelada. durmam bem e… passem uma águinha nesses cascos antes de ir para cama a cheirar a chulé, tenham dó!