Somos capazes de matar companheiros da jornada da vida sem razão aparente. Parece-me estranho mas olho à volta e vejo que assim é!

 

Eu por mim nunca matarei e não posso estar de acordo que outros matem.

 

E não me digam que a vida é um bem próprio.

 

Cada ser é único e é pertença da humanidade não do próprio ser.

 

Acabar com o sofrimento é o argumento comum, combate por uma causa distinta é outra das falácias.

 

Que merda é esta. Somos irracionais ou quê?

 

Contem um conto, valorizem a vida de todos e cada um dos seres que povoam o universo e interiorizem que só temos uma causa, sermos felizes!

 

Cá para mim acho difícil ser feliz depois de morrer, apesar de muitos acreditarem nisso… seja porque as virgens nos esperam, seja porque alguém estará a nossa espera do outro lado ou até porque a dor física que tínhamos morre connosco…