Hoje nã me apetece! Sopra uma brisa Alentejana.

Comi pão, bebi uma pinga (um néctar capaz de fazer ressuscitar o próprio Baco) papei um polvinho (inho porque o sacanita mirrou na travessa) alambazei-me com gelados e depeniquei umas queijaditas.

Tenho pouca vontade de interagir com o teclado, amanhã volto com genica, upa!

P.S. O melhor da vida são as amizades eternas e fraternas, o resto são queijadas!